Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vencer a Colite

Criança, adolescente, jovem, desportista, saudável. Aos 22 anos fui diagnosticado com colite ulcerosa, e agora?

Vencer a Colite

Criança, adolescente, jovem, desportista, saudável. Aos 22 anos fui diagnosticado com colite ulcerosa, e agora?

Hoje escrevo o ultimo post do ano de 2014 para falar dos meus desejos e sobretudo dos objetivos para o novo ano que começa amanhã.

Por tradição à meia-noite do dia 31 de Dezembro de cada ano comemos as passas de uva e pedimos 12 desejos para o novo ano. Além dos habituais desejos, defini objetivos para o novo ano, que sejam mensuráveis, que dependam em grande parte de mim e fi-lo para diferentes áreas, como, o desenvolvimento pessoal (físico, emocional, mental,...), profissional (financeiro, novos desafios,...), diversão e contribuição (o que posso fazer para marcar a diferença na vida das pessoas). 

objetivos.jpg

Um dos objetivos que defini em termos pessoais/físicos foi correr uma meia-maratona em Setembro/Outubro de 2015, o que irá acontecer 8 anos após ter percorrido os 21km da minha última meia-maratona, também quero voltar a treinar e ensinar karaté, outros dos objetivos é continuar a escrever no meu blog partilhando a minha experiência com a colite.

Claro que para estes e outros objetivos se concretizarem, terei (e já o estou a fazer) de trabalhar com esse intuito.

 

Vou revisitar os vários objetivos que defini de uma forma periódica, para que me possam inspirar e fortalecer durante o próximo ano.

 

Um excelente 2015 para todos!!!

27 Dez, 2014

Tentações

Estamos numa época de muitas tentações, umas mais fáceis de resistir do que outras. Eu felizmente com a ajuda minha família consegui reduzir as tentações alimentares em relação aos anos anteriores e desta forma foi menos difícil resistir.

 

Na noite de 24, a alegria de ver os meus filhos a abrirem os presentes foi a melhor alavanca que eu podia desejar para me focar apenas nisso e esquecer as "tentações" e os problemas do dia-a-dia.

alavanca.jpg

 

No dia de Natal como nos outros dias do ano, devemos ter sempre uma ferramenta que mexa connosco de uma forma positiva, que nos encha de alegria, de entusiasmo, para que possamos utilizar nos momentos em que estamos mais em baixo. Esta ferramenta pode ser um objetivo pessoal ou profissional que queremos atingir; pode ser a gratidão por sermos pais, filhos, netos; de termos um novo amor; de termos encontrado alguém que nos compreende...pode e deve ser algo que nos faça sonhar!    

19 Dez, 2014

Balanço 2014

Nesta altura é normal fazermos um balanço do ano que está a terminar.

 

Como eu não sou exceção, passo a descrever. Em termos pessoais este foi um ano de descobertas, de transformação, eu diria mesmo que foi o ano 0 (zero) de um novo estilo de vida.

Devido a uma nova crise que apareceu logo no inicio do ano, tomei uma decisão que viria a mudar os meus hábitos alimentares, o modo de pensar, de me relacionar, enfim, de viver...os quais me têm levado numa viagem em todos os níveis gratificante. Esta tomada de decisão teve por detrás duas grandes alavancas, os maus momentos que passei em crises anteriores e que não queria repetir e o objetivo de estar bem em Setembro deste ano que foi quando batizei os meus filhos e oficializei a relação com o meu amor e mãe deles.

 

Esta caminhada está no inicio, sei que nos próximos anos continuarei a descobrir, como também desejo que em 2015 seja o ano do inicio da confirmação deste novo estilo de vida! 

16 Dez, 2014

Dor e Prazer

Tudo o que fazemos se deve à necessidade de evitar DOR ou ao nosso desejo de obter PRAZER!
Quantas vezes nos sentimos frustrados, furiosos, mesmo arrasados porque sabemos que precisamos de agir, mas não conseguimos?

dor&prazer.jpg

Porque continuamos adiar aquela dieta? O que nos impede de iniciar aquele negócio que estamos a planear há anos? O que nos impede de nos aproximarmos do homem ou mulher dos nossos sonhos? O que nos impede de dizer aquela pessoa que a amamos?

Embora saibamos que estas ações iriam-nos beneficiar, que trariam satisfação às nossas vidas, deixamos de agir porque naquele momento associamos mais dor ao ato de fazer, do que à perda da oportunidade.

 

Quem tem colite e quando está numa fase ativa da doença, tem a força necessária para fazer uma dieta que minimize (dentro do possível) os efeitos da atividade da doença. E quando a doença está em remissão? Porque é que a nossa força de vontade não é tão grande?
Porque nessa altura não associamos o ato de comer um "prego no pão com mostarda" à dor da perda de sangue ou irmos a correr para a casa de banho.


Em qualquer área da nossa vida, se associarmos uma dor maciça a qualquer padrão emocional ou comportamento, evitamos assim ceder a esse padrão.

 

Como tenho partilhado em posts anteriores e depois de várias crises, em Abril de 2014 escolhi o caminho da mudança para me levar à cura e esse caminho tem passado entre outras coisas por uma alteração ainda maior na minha alimentação. Confesso que uma das coisas que eu mais gosto são os doces, que me dão um prazer imediato, mas consumidos em grande quantidade não nos fazem bem, pelo nível glicémico, por serem pró-inflamatórios, pelas células cancerígenas "alimentarem-se do açúcar",...e para resistir associo-os à DOR que tenho durante as crises e ao PRAZER de me sentir bem e saudável.

Um novo dispositivo aumenta a visibilidade e dá uma vista paronâmica do colon.

colon.jpg

 

"The US Food and Drug Administration has granted 510(k) clearance to Avantis Medical Systems' Third Eye Panoramic device for use along with a standard colonoscope to improve visibility in hard-to-see areas of the colon.

Similar to its predecessor, the Third Eye Retroscope, the Third Eye Panoramic device allows physicians to see areas that are otherwise hidden by folds and flexures in the colon that can hide precancerous adenomas.

Unlike the Third Eye Retroscope, which had one additional backward-facing camera, the new Panoramic device has two video cameras that are directed laterally from its left and right sides.

The video monitor displays the lateral images on both sides of the colonoscope's forward image, resulting in an ultra-wide-angle view of more than 300°, the company says.

The Third Eye Panoramic device attaches to the tip of a standard adult or pediatric colonoscope and can be used during both the insertion and withdrawal phases.

Because it clips onto the outside of the colonoscope, it leaves the channel completely free in contrast to the earlier device that occupied the channel of the colonoscope and had to be removed when the physician inserted instruments to remove polyps," the company explained in a news release. (...)"

 

Referência:

Medscape, http://www.medscape.com/viewarticle/836066

planeamento.jpg

 

Ao vivermos em sociedade acabamos por partilhar além de muitas outras coisas o nosso tempo com os outros e os dias têm apenas 24 horas e por vezes não conseguimos fazer tudo o que queremos e podemos cair facilmente num estado de frustração, irritação, angustia,...Estes estados não são benéficos para a saúde, mas a colite adora-os.


Certas situações não as podemos evitar e são totalmente inesperadas, mas algumas podemos controla-las para assim evitar cairmos nesses estados.


Nos últimos meses tenho criado ferramentas para reduzir situações que me causam desconforto e para isso faço um PLANEAMENTO semanal das minhas atividades.
Desta forma evito algumas surpresas e reduzo a minha ansiedade.

 

As manhãs por serem momentos em que temos que nos despachar para ir para o trabalho ou escola, são sempre momentos em que há algum stress e claro o final do dia principalmente com o regresso a casa, não há nada como dar alguns exemplos:

1) MANHÃS

- Tomar banho e preparar roupas para vestir de véspera;

- Preparar também de véspera os livros/pasta/mala para levar de manhã consigo;

- No meu caso, como de manhã bebo um sumo de frutas/vegetais, sempre que possível também preparo-os na véspera à noite.

 

2) FINAL DO DIA
- Fazer planeamento dos jantares da semana no início da mesma;

- Se possível dividir tarefas entre os membros da família;

- Se tiver filhos pequenos, tentar cumprir os horários da ida para a cama que é para eles não nos stressarem de manhã por não acordarem e/ou estarem rabujentos;

- Não nos podemos esquecer também do lazer que são muito importantes para o nosso bem estar e esses momentos também devem ser planeados em coordenação com os outros membros da família caso se justifique.

 

05 Dez, 2014

Bebida de aveia

Ontem estive numa consulta de nutrição, em consultas anteriores a Drª tinha-me sugerido introduzir os alimentos gradualmente e um de cada vez. É o que tenho feito, mas ultimamente não tenho alterado nada, porque tenho-me sentido confortável com a alimentação que estou a fazer.

 

bebida_aveia.jpg

 

De qualquer forma devo variar e vou introduzir a bebida de aveia para juntar aos meus batidos matinais, tem menos fibra que o fruto.

 

 

 

Para melhorar o meu sistema imunitário, a Drª aconselhou-me a tomar um suplemento de ómega-3, assim vou começar a tomar Natalben lactação. 

natalben.jpg

 

A conselho médico fiz uns pequenos ajustes na medicação, assim a 2 de Dezembro de 2014 estou a tomar:

 - Infliximab (tratamento biológico de 8 em 8 semanas);

- 3g salofalk grânulos;

- selénio + zinco da BioActivo

- 2 grânulos de ferrum phosphorium 5CH (homeopático);

- 2 grânulos de silicea 30CH (homeopático);

- 5 gotas de intestino 7CH (homeopático).

 

Cada caso é um caso, e todos devemos consultar um especialista antes de tomar qualquer medicamento.

 

selenio.jpg