Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vencer a Colite

Criança, adolescente, jovem, desportista, saudável. Aos 22 anos fui diagnosticado com colite ulcerosa, e agora?

Vencer a Colite

Criança, adolescente, jovem, desportista, saudável. Aos 22 anos fui diagnosticado com colite ulcerosa, e agora?

degeloGronelandia.jpg

  © Steffen Olsen/Twitter

 

A imagem diz quase tudo. Huskies puxam trenós com cientistas da estação meteorológica Dinamarquesa sobre uma toalha azul de água no noroeste da Gronelândia.

 

Steffen Olsen, um dos cientistas da missão, colocou esta imagem no Twitter, depois de a sua equipa ter tirado a foto a 13 de junho, quando estava a atravessar a zona do fiorde Inglefield Bredning, Os cientistas explicaram que o gelo tem ali uma espessura de 1,2 metros, mas que as temperaturas altas que nesta altura se fazem sentir na região deram origem à situação, com o gelo a derreter e abrir fissuras.

 

Na viagem de regresso a um local remoto onde tinham deixado equipamento de medição, os cientistas da estação meteorológica dinamarquesa na região, depararam-se com uma camada de água sobre o gelo, que lhes dificultou a marcha e tornou a sua jornada perigosa.

 

Com as alterações climáticas em curso, o Ártico regista um ritmo de aquecimento das temperaturas duas vezes superior ao resto do planeta.

 

Em 2018, a temperatura no Ártico esteve 1,7 graus Celsius mais elevada do que a média dos últimos 30 anos. O recorde absoluto das temperaturas no Ártico - pelo menos até agora - registou-se em 2016, mas os cinco anos mais recentes foram os mais quentes desde que há registos.

Com o gelo oceânico na região a diminuir a olhos vistos a cada novo verão, o Ártico está a viver uma transição rápida que não tem precedentes na história humana.

 

Sabemos que o impacto das atividades humanas, nomeadamente a queima de combustíveis fósseis, o abate da floresta tropical e a pecuária, no clima e na temperatura da Terra é cada vez maior. As enormes quantidades de gases com efeito de estufas provenientes destas atividades juntam-se às naturalmente presentes na atmosfera, reforçando o efeito de estufa e o aquecimento global.

 

Imagens como esta infelizmente vão ser cada vez mais frequentes, se não tomarmos consciencia do impacto das nossas ações e agirmos

 

As soluções estão ainda ao nosso alcance, mas implicariam uma grande vontade política e coletiva para as atingir.