Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vencer a Colite

Criança, adolescente, jovem, desportista, saudável. Aos 22 anos fui diagnosticado com colite ulcerosa, e agora?

Vencer a Colite

Criança, adolescente, jovem, desportista, saudável. Aos 22 anos fui diagnosticado com colite ulcerosa, e agora?

Ter | 03.11.15

Bebidas vegetais com cálcio

André

Num relatório apresentado pelo World Cancer Research Fund indica que o consumo de cálcio pode estar associado a um risco inferior de cancro colorretal. Quem sofre de uma doença inflamatória intestinal não é recomendado o consumo de leite e produtos lácteos, mas o cálcio pode ser obtido a partir de bebidas vegetais fortificadas, vegetais de folha verde e leguminosas.

 

calcio_colo-retal.jpg

 

No entanto e de acordo com o mesmo relatório (embora os resultados não sejam ainda conclusivos), dietas ricas em cálcio são uma causa provável de cancro da próstata. Os dados sugerem que o leite e produtos lácteos aumentam o risco de cancro através dos efeitos do consumo elevado de cálcio, segundo os investigadores este efeito é apenas aparente numa elevada ingestão diária de cálcio (cerca de 1500 mg ou mais). 1 litro de uma bebida vegetal fortificada tem sensivelmente 1200 mg de cálcio.

 

calcio_prostata.jpg

 

Um estudo EPIC, envolvendo mais de 142000 homens mostrou um aumento de 22% no risco de cancro da próstata homens que consumiam uma média de 27 g de proteína de produtos lácteos diariamente, quando comparados com aqueles que consumiam uma média de 10g. Um copo de leite magro contém 8,4 g de proteína. Os investigadores estimam que cada 35g de proteína de produtos lácteos consumidos diariamente pode aumentar o risco de cancro da próstata em 32%. Tanto o cálcio como a proteína dos produtos lácteos poderão estar associados ao aumento de risco deste cancro.

bebida_vegetal1.jpgbebida_vegetal2.jpg

Tendo em consideração estes dois tipos de estudo (cancro colorretal e próstata), a melhor dieta para a colite ulcerosa e também com o propósito de diversificar a minha alimentação, tenho aumentado o consumo de bebidas vegetais (sobretudo arroz e aveia).

 

Referências:

  1. American Institute for Cancer Research e World Cancer Research Fund. Food, nutrition, physical activity and the prevention of cancer: a global perspective.(download)
  2. Projeto Safira. Disponível em: http://blog.projetosafira.org/2012/11/02/cancro-da-prostata-como-prevenir/
  3. Projeto Safira. Disponível em: http://blog.projetosafira.org/2012/06/12/produtos-lacteos-podem-aumentar-o-risco-de-cancro-dos-ovarios/
  4. Journal of the National Cancer Institute. Disponível em: http://jnci.oxfordjournals.org/content/96/13/1015
  5. US National Library of Medicine National Institutes of Health. Calcium intake and vitamin D metabolism and action, in healthy conditions and in prostate cancer.Disponível em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17349071
  6. US National Library of Medicine National Institutes of Health. Dairy products and prostate cancer risk. Disponível em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20358466