Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vencer a Colite

Criança, adolescente, jovem, desportista, saudável. Aos 22 anos fui diagnosticado com colite ulcerosa, e agora?

Vencer a Colite

Criança, adolescente, jovem, desportista, saudável. Aos 22 anos fui diagnosticado com colite ulcerosa, e agora?

Qui | 03.03.16

Qual a necessidade por detrás de uma doença?

André

O João tem 5 anos, é uma criança muito alegre e divertida, na 3ª feira passada a mãe atrasou-se um pouco antes de o ir buscar ao infantário, chegou mesmo à hora de este fechar, como ela ainda precisava de comprar alguns alimentos para o jantar, decidiram ir os dois ao supermercado antes de regressarem a casa, mas passados 30 minutos de lá estarem, o João estava cansado e com fome, atirou-se para o chão a chorar e a pedir um chocolate.

 

O que é que os pais fazem normalmente nestas situações?

  • Ignoram?
  • Dão-lhes o que eles pedem/desejam?
  • Dão-lhes o que eles precisam?
  • ....?

Quando estamos doentes, o que é que >90% dos médicos prescrevem?

  • "O que a doença pede/deseja", ou seja, o medicamento para terminar com o sintoma o mais rápido possível!

 

Se a mãe do João ignorasse as necessidades do João e não tentasse compreende-las e se lhe desse o que ele pedia, na próxima ida ao supermercado, o que é que o João iria fazer?

Provavelmente teria o mesmo comportamento!

Compete ao adulto perceber as necessidades que estão por detrás do comportamento da criança, neste caso era o cansaço e a fome, compete ao adulto analisar, compreender e tentar satisfazer estas necessidades.

necessidade.jpg

Se os médicos tentassem preencher as necessidades que estão por detrás de uma doença, será que esta se manifestaria novamente e com a mesma intensidade?

No inicio desta semana fiz mais uma infusão com infliximab (tratamento biológico), continuo com o mesmo sintoma de há 7 meses, perda de sangue através das fezes. Acham que algum médico perguntou-me sobre a minha alimentação, se tenho tido algum stress no trabalho ou na vida pessoal, acham que se preocuparam em tentar perceber a razão de isto estar a acontecer? As causas? A origem? O que desencadeia?

NÃO, claro que não, as necessidades dos pacientes e das doenças são ignoradas, aí pode estar a chave para perceber as causas, a origem; em vez disso prescreve-se mais e mais medicamentos, até o "by the book" indicar que tenho de ser operado. A doença é como o João, manterá o mesmo comportamento enquanto não a tentarmos compreender e satisfazer as suas necessidades.

4 comentários

Comentar post