Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vencer a Colite

Criança, adolescente, jovem, desportista, saudável. Aos 22 anos fui diagnosticado com colite ulcerosa, e agora?

Vencer a Colite

Criança, adolescente, jovem, desportista, saudável. Aos 22 anos fui diagnosticado com colite ulcerosa, e agora?

Qua | 29.01.20

São fases...ou não

André

Todos passamos por aquelas fases em tudo corre bem, seja na saúde, a nível profissional, pessoal ou noutra área da vida.

 

E também temos as fases em que as coisas correm menos bem, numa ou mais áreas da nossa vida. Estou a passar por essa fase a nível da saúde, além dos tremores (que estão bem menos intensos), agora soube que o meu intestino está mais inflamado, é o que diz o resultado da calprotectina fecal (faz uma correlação proporcional ao grau de inflamação do intestino).

 

Em Fevereiro de 2018, a calprotectina apresentava um valor de 119ug/g, que era extraordinário.

Em Outubro de 2019 tinha já uns valores altos, cerca de 700ug/g, e em Dezembro passaram perto de 5000ug/g!!!

 

O que mudou desde Fevereiro de 2018 até Dezembro de 2019?

Alimentação?

Mantenho as grandes alterações que fiz na minha alimentação em 2015, sobretudo ao deixar de consumir açúcares processados e carne.

Medicação?

Mudei a medicação base do infliximab para o vedozulimab.

Nos últimos meses não tenho tomado os suplementos que tomava em 2018, como o ómega-3 e vitamina D.

Emoções?

No último semestre de 2019 não tenho estado muito bem, como tomei cortisona em Agosto/Setembro, comecei a descansar menos, o que me afetou física e psicologicamente, e depois disso surgiram alguns desafios na minha vida que eu não consegui lidar tão bem como desejaria.

 

O que estou a fazer para mudar?

Em termos de alimentação e neste período não estou a consumir fibras, seguindo a recomendação da APDI "...com atividade da doença (colite ulcerosa).... PODE estar recomendado uma dieta mais «ligeira», sem fibras, sem leite ou derivados." 

Leite e derivados é algo que já não consumo há bastantes anos.

Em relação à medicação, comecei a tomar VSL#3 que ajuda a repor e a equilibrar a flora intestinal, e também  a vitamina D.

Também tenho feito algum trabalho a nível mental e sinto-me mais tranquilo e confiante.

No próximo sábado, dia 1 de Fevereiro vou fazer uma colonoscopia e aí poderemos confirmar a extensão da inflamação.

analisesDEZ19.jpg

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.