Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vencer a Colite

Criança, adolescente, jovem, desportista, saudável. Aos 22 anos fui diagnosticado com colite ulcerosa, e agora?

Vencer a Colite

Criança, adolescente, jovem, desportista, saudável. Aos 22 anos fui diagnosticado com colite ulcerosa, e agora?

Com uma doença auto-imune incurável e tendo bastantes insónias, Shannon Harvey precisava fazer uma mudança. Mas, embora a jornalista de saúde tenha encontrado muitas recomendações sobre dieta, sono e exercício, quando procurou o equivalente para um treino de 30 minutos para o seu bem-estar mental, não encontrou nada.   Preocupada com o futuro da saúde mental de seus filhos que estavam crescendo no meio de “epidemias” de stress, ansiedade, depressão e vício, numa (...)
15 Abr, 2020

Recursos gratuitos

Neste período de isolamento e afastamento social, temos vindo a assistir a um aumento natural do consumo de informação online e também a um crescimento na partilha de conteúdos.   Partilho alguns recursos gratuitos que estão disponíveis, para nos sentirmos mais saudáveis. Meditação: Aprenda a meditar e viver com consciência plena, Headspace [Português, Inglês]Em tempos desafiantes, aprofunde a presença (...)
26 Mar, 2020

Momento Mindful

Nós somos o homem que construiu a casa, nós somos a casa; o vento, a chuva,... são as adversidades que surgem na nossa vida.  O medo não existe no momento presente, o medo é projetado no futuro por pensamentos. Os pensamentos criam emoções, se estivermos no momento presente não há nada a temer, se eles chegarem (pensamentos -> medo), nada acontece, porque temos uma casa com bons alicerces. == Eckart Tolle ==
Há uma semana atrás andava um pouco cansado, sobretudo nas pernas, percebi que esse cansaço se devia sobretudo à falta de descanso físico e a um cansaço mental. Estou a atravessar uma fase um pouco estranha, tenho alguma dificuldade em justifica-la ou perceber a sua origem. Ando muito irritado, com falta de paciência, de calma, as coisas mais simples fazem-me confusão. Esta "agitação" (...)
O desafio #6 de hoje é a aceitação. Quando aceitamos estamos em paz com o que é. Vemos as coisas como elas são. Não significa que concordemos ou que aprovemos. A aceitação não é o mesmo que a não-ação; muitas vezes chega a ser o contrário, promovendo a mudança. Quando aceitamos vemos as coisas claramente e conseguimos saber o que fazer. O (...)
O desafio #5 de hoje é o não-esforço. A prática do não esforço pode ser muito desafiante para algumas pessoas. Quando praticamos o não esforço prestamos atenção à forma como estamos neste momento. Sem pretendermos mudar nada. Focamo-nos no momento presente sem nos esforçamos para atingir um objetivo. Podemos continuar a fazer o que estamos a fazer, mas o nosso estado emocional não está em esforço nem em luta. Imagine que não sabe onde colocou as chaves de casa. Procura-as (...)