Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vencer a Colite

Criança, adolescente, jovem, desportista, saudável. Aos 22 anos fui diagnosticado com colite ulcerosa, e agora?

Vencer a Colite

Criança, adolescente, jovem, desportista, saudável. Aos 22 anos fui diagnosticado com colite ulcerosa, e agora?

Seg | 15.06.20

Tique-Taque

André

Podemos argumentar que a nossa vida é muito mais que alimento e roupa, que temos muito mais coisas com que nos preocupar e que essas coisas não esperam, simplesmente acontecem, em casa, no trânsito ou no trabalho.

relogio.jpg

Li recentemente uma história muito interessante de um relógio que teve um ataque de nervos, e então o dono levou-o a uma relojoaria, mas o relojoeiro não encontrou nada de errado.

 

"Leve-o a um psicólogo", aconselhou o relojoeiro. E o dono assim o fez.

O psicólogo perguntou ao relógio, depois de saber os detalhes do caso: "Afinal, porque é que anda tão deprimido e ansioso?"

O relógio respondeu: "É que a minha vida está cheia de tiques e de taques. Em cada segundo tenho de fazer um tique e um taque. Isso significa 172.800 tiques-taques por dia! Num mês serão 5.184.000 tique-taques! Num ano serão 62.208.000! É muito para a minha mola! Fico preocupado com todos estes tique-taques, sem saber se terei corda suficiente, se..."

 

"Espere um pouco", interrompeu o psicólogo. "Quantos tique-taques é que tem de fazer de cada vez?"

"Ora, só um!". respondeu o relógio.

 

"Ora aí está!", respondeu o psicólogo. "Volte para casa e faça um tique-taque de cada vez. Esqueça todos os milhões que terá de bater e deixe a corda por conta do seu dono. Ele cuidará para que tenha a corda suficiente para cada novo tique-taque."

 

O relógio voltou para casa e continuou a funcionar bem, até hoje!

2 comentários

Comentar post