Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vencer a Colite

Criança, adolescente, jovem, desportista, saudável. Aos 22 anos fui diagnosticado com colite ulcerosa, e agora?

Vencer a Colite

Criança, adolescente, jovem, desportista, saudável. Aos 22 anos fui diagnosticado com colite ulcerosa, e agora?

Seg | 17.05.21

Vacina? Chegou o momento

André

As notícias sobre uma nova doença na China chegaram aos meios de comunicação social em Janeiro de 2020. Parecia algo distante para quem vive na Europa ou América, mas rapidamente o vírus se espalhou, e o mundo ficou em suspenso durante longos meses a assistir incrédulo a situações que pareciam ter sido retiradas de um filme.

 

As primeiras vacinas foram aprovadas e declaradas seguras e eficazes em Dezembro do ano passado e desde então o processo de vacinação começou um pouco por todo o mundo a diferentes velocidades.

 

Há quem resista e quem desespere pela chegada do momento para ser vacinado. Quem tem uma Doença Inflamatória do Intestino (DII) tem prioridade? Pertence ao grupo de risco?

Em Portugal, neste momento está a vacinar-se pelo critério da idade, sendo que o SNS24 considera que as pessoas que têm o sistema imunitário comprometido pertencem ao grupo de risco, e estas são:

  • Em tratamentos de quimioterapia;
  • Em tratamentos para doenças auto-imunes (artrite reumatóide, lúpus, esclerose múltipla ou algumas doenças inflamatórias do intestino);
  • Infetados com o vírus da imunodeficiência humana;
  • Transplatados.

 

Doenças crónicas como:

  • Doença cardíaca;
  • Doença pulmonar;
  • Doença oncológica;
  • Hipertensão arterial;
  • Diabetes;
  • Entre outros.

 plano vacinação.jpg

Se pertencermos ao grupo de risco, o que podemos fazer?

Uma das possibilidades e que tem sido um pouco difundida na comunicação social, é a vacinação em contexto hospitalar, em que doentes acompanhados em consultas externas podem ser vacinados nos próprios hospitais. Pretende-se aqui vacinar um nicho de pessoas com doenças mais complexas, doenças oncológicas, doenças auto-imunes, transplantados. Já há vários hospitais a aderirem a esta metodologia de vacinação, entre os quais o Hospital Santa Maria em Lisboa.

A melhor forma é contactar o seu gastrenterologista, já que será necessário o médico emitir uma declaração eletrónica para o efeito.
 
 

Eu na semana passada, tive uma consulta online de gastrenterologia e a minha médica confirmou que poderia ser já vacinado, e colocou-me na lista. O processo foi muito rápido, e dois dias depois tomei a primeira dose da vacina.

vacinacao.jpg

19 de Maio é o Dia Mundial das DII 

Referências

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    André

    17.05.21

    Obrigado pelo teu simpático comentário.
    Felizmente estou bem da colite, e com a vacina foi tudo muito tranquilo.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.